Governo do Rio de Janeiro Rio Poupa Tempo na Web Informação Pública Página inicial
Aumentar letra    Diminuir letra    Letra normal
Compartilhe nas mídias sociais  
Home :: Informações ao Cidadão :: Como eliminar os focos

Como eliminar os focos


Algumas simples ações fazem a diferença na luta contra o mosquito. Por isso, tente colocá-las na sua rotina. Não custa nada e ainda vai ajudar a salvar vidas.

Somente se cada um fizer a sua parte poderemos vencer a batalha contra o Aedes aegypti.


Coloque areia no prato dos vasos de plantas. 1 – Coloque areia no prato dos vasos de plantas.
Mantenha os ralos limpos jogando água sanitária ou desinfetante semanalmente. 2 - Mantenha os ralos limpos jogando água sanitária ou desinfetante semanalmente. Verifique a existência de entupimento. Se não for utilizá-los, mantenha-os vedados.
Jogue no lixo todo objeto que possa acumular água. 3 - Jogue no lixo todo objeto que possa acumular água, como embalagens usadas, potes, latas, copos, garrafas vazias etc.
Mantenha o saco de lixo bem fechado e fora do alcance de animais. 4 - Mantenha o saco de lixo bem fechado e fora do alcance de animais até o recolhimento pelo serviço de limpeza urbana. Não jogue lixo em terrenos baldios.
Lave, principalmente por dentro, com escova e sabão os utensílios usados. 5 - Lave, principalmente por dentro, com escova e sabão os utensílios usados para guardar água em casa, como jarras, garrafas, potes, baldes etc.
Troque diariamente a água dos bebedouros de animais. 6 - Troque diariamente a água dos bebedouros de animais e aves e limpe-os com escova ou bucha.
Depressões de terreno também são possíveis poças de água parada. 7 - Depressões de terreno também são possíveis poças de água parada. Preencha-os com areia ou pó de pedra.
Mantenha caixas d’água, cisternas, tonéis e outros depósitos de água sempre bem fechados. 8 - Mantenha caixas d’água, cisternas, tonéis e outros depósitos de água sempre bem fechados, com a tampa adequada, para impedir a entrada do mosquito.
Entregue seus pneus velhos ao serviço de limpeza urbana. 9 - Entregue seus pneus velhos ao serviço de limpeza urbana ou guarde-os sem água em local coberto e abrigados da chuva.
Guarde as garrafas vazias sempre de cabeça para baixo e de preferência em local coberto. 10 - Guarde as garrafas vazias sempre de cabeça para baixo e de preferência em local coberto.
Limpe constantemente as calhas, remova tudo que possa impedir a passagem da água. 11 - Limpe constantemente as calhas, remova tudo que possa impedir a passagem da água, a laje e a piscina de sua casa.
Instale a caixa do ar-condicionado de forma que esta não possa acumular água. 12 - Instale a caixa do ar-condicionado de forma que esta não possa acumular água.
No alto de lajes e telhas também pode haver água parada. 13 - No alto de lajes e telhas também pode haver água parada. Caso more em apartamento, peça ao porteiro que verifique o acúmulo de água no terraço.
Suspeite de garagens e subsolos. Confira se a água da chuva que cai nas calhas circula. 14 - Suspeite de garagens e subsolos. Confira se a água da chuva que cai nas calhas circula.
Evite ter bromélias em casa. Substitua-as por outras plantas que não acumulem água. 15 - Evite ter bromélias em casa. Mantendo-as, é indispensável tratá-las com água sanitária na proporção de uma colher de sopa para um litro de água, regando, no mínimo, duas vezes por semana. Tire sempre a água acumulada nas folhas.

Denúncia de focos



As secretarias Municipais de Saúde são as responsáveis pelo combate direto ao mosquito.

Clique aqui e veja como entrar em contato com a secretaria de sua cidade.
Acompanhe o Rio Contra Dengue nas mídias sociais

Facebook Twitter Youtube
Secretaria de saúde
Links interessantes:
PET Rio sem fumo Rio imagem Rio com Saúde Xô, Zika !!


Alguns direitos reservados
Esta obra é licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil